quinta-feira, 22 de abril de 2010

Os Famks – Famks (1978)

Conjunto que animou diversos bailes no Rio de Janeiro durante a década de 70 com seu repertório pop, também foram os precursores na utilização da luz negra e dos painéis fosforescentes em shows. Em 1979, gravaram com sucesso uma vinheta de natal para uma rádio carioca e por sugestão do produtor musical Mariozinho Rocha, que queria dar “uma nova cara” à banda, trocaram o nome para Roupa Nova, o que certamente acarretou uma reviravolta em suas carreiras, tornando-os mais conhecidos e famosos, e emplacando sucessos nas rádios e trilhas sonoras de novelas. Voltando ao foco principal, o álbum Famks (EMI-Odeon, 1978) segundo e último registro do combo formado por Paulinho (vocal), Kiko (guitarra), Nando (baixo), Kléberson (teclados), Ricardo (teclados) e Fefê (bateria). Imersos na onda da disco music e no farto uso de teclados eletrônicos, produziram músicas dançantes como “Vem Dançar” e o hit “Sempre Te Tratei Numa Boa” de Ronaldo, Mani e Lincoln Olivetti, seguido por algumas canções pouco expressivas e irregulares, com breve destaque para “Preciso Te Encontrar” e “Todo Mundo Fala”. O creme fica para o final do disco, nas brilhantes faixas “Riso Amarelo” e “Labirinto”, que levam a assinatura da dupla de músicos e produtores Lincoln Olivetti e Robson Jorge.

2 comentários:

Calombo, Quilombo, Colombo. disse...

olá japonego23, obrigado pelas grandes contribuições. Gostaria de pedir um repost, se possível. O albúm E agora José? do Paulo Diniz.

obrigado
Calombo

maddie0147 disse...

Hi, I came across your site and wasn’t able to get an email address to contact you about some broken links on your site. Please email me back and I would be happy to point them out to you.

Thanks!

Madison
maddie0147@gmail.com