quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Jackson do Pandeiro – Alegria Minha Gente (1978)

O paraibano Jackson do Pandeiro (1919 – 1982), o “Rei do ritmo”, começou a carreira nos anos 40 tocando em cabarés e rádios de João Pessoa, por volta de 1953 transferiu-se com sua mulher, a compositora Almira Castilho para o Rio de Janeiro e logo foi contratado pela então poderosa Rádio Nacional. Virou sucesso com seu jeito ladino de cantar baiões, cocos e sambas, gravou inúmeros discos e influenciou muita gente. Entretanto, uma das passagens mais curiosas de sua vida foi o seu envolvimento entre os anos de 1973 e 1978 com a Cultura Racional, era um ativista fervoroso e estudioso dos livros “Universo em desencanto”, incluindo até algumas músicas com a temática racional em seu repertório. No álbum Alegria Minha Gente (Alvorada / Chantecler, 1978), Jackson do Pandeiro que aparece na capa usando uma corrente com o símbolo da cultura, registrou duas composições racionais de autoria de João Lemos, “Alegria Minha Gente” em que diz: “Alegria minha gente! / que a salvação chegou / batam palmas e digam viva! / ao racional superior”, e “Luz do Saber” que em seus versos avisa: “Olha aqui! / preste atenção, vou falar / a cultura racional / tá aí para ensinar”, mas também tem picardia e ritmo em “Mulher malvada”, “Vida dos outros”, “A estória do anel” e “Tambor de crioula”, os cumprimentos a Dominguinhos – que tá chamando você prá forrófiar, em “Xodó no Forró”, a esperança em Santo Antônio para acabar com a solidão em “Mundo novo”, a bonança cotidiana em “Não me falta nada”, a saudade das raízes em “Alô Palmeiras dos Índios” e o sofrimento e a luta dos escravos em “13 de maio”. O LP não tem ficha técnica de quais instrumentistas participaram das gravações, nem da famosa cozinha percussiva, porém o suingue que se ouve energiza qualquer aficionado em vinis perdidos no tempo. Lasca!

3 comentários:

JackRamon disse...

Hello,

Just a quick word to let you know that you are featured in our blogroll on Radio.Video.Jazz

Please check our site. If you like our work, do link back to us.

If you feel like contributing, let us know.

A lot of thanks.

The Radio.Video.Jazz Team

PS : you can also check our other website Radio.Video.Trad

Beto Brandão disse...

JOCA CURUMIM - PAGODE DO ZÉ FULANETO
Tamanho do arquivo: 3.04 MB

http://www.megaupload.com/?d=YRYLZ1FS

Disponibilizo para download a música que o Joca lutou tanto para conseguir compor e mais ainda para conseguir gravar, entre uma coisa e outra houve uma burocracia danada pra registrar no ECAD.

Joaquim Carlos Pires Maciel, conhecido pelos amigo como Joca, nasceu em Santa Mariana (PR) em 29 de outubro de 1964, ano do Golpe Militar.
Aos quatro anos de idade (1968) muda-se para Osasco (SP), com sua família, pai, mãe e dez irmãos.
Em 1972 mudam-se para Barbalha (CE), onde aprendeu quatro lições cruciais para o desenvolvimento moral, espiritual, artístico e crítico, ler, escrever, fumar e beber pinga.
Em 1974 retorna para São Paulo em 1979 voltam para o Ceará.
Neste período trabalha como metalúrgico na Lapa.
Em 1980 volta pra São Paulo, em 1981 vai para Abreu e Lima (PE) e neste mesmo ano retorna à São Paulo onde fica até 1984, quando retorna para sua terra natal.

Toque Musical disse...

estive por aqui, deixei alguns pedidos nos comentários como você mesmo deve ter visto. para a minha grande surpresa não vi um disco que tem tudo a ver com o seu blog, Paulo Bagunça & A Tropa Maldita.
Acho que você deveria postá-lo aqui. Vai lá no Toque Musical e pega ele para uma próxima postagem.
Se você ainda não conhece, com certeza irá gostar :)
http://toque-musicall.blogspot.com/2008/03/paulo-baguna-tropa-maldita-1973.html